Use seus dados do Meu Rotary
    
  Lembrar     

Governador do Distrito

Governador do Distrito 4420 para o Ano Rotário 2018-2019  
 

Carlos Eduardo Estevam Torci e Sonia Mara

 
Rotary Club de São Vicente 
 
 
 
Caros Rotarianos, 
 
Um novo ano rotário se inicia. Com ele renovam-se as energias para mais um período de realizações junto às nossas comunidades através de importantes e significativos projetos. Também ressurgem esperanças de um ano melhor de trabalhos impactantes também para os rotarianos, temperados com muito companheirismo. Sim, tem sido assim ano após ano. Muitas vezes parecendo que o calendário e as sucessões nos impõem limites, estabelecendo recomeços a cada trezentos e sessenta e cinco dias. 
 
Entendendo nossa instituição como um processo continuo, não há como não invocar o pensamento de um famoso técnico de voleibol brasileiro: “O ônus do sucesso é a eterna vigilância” (Bernardinho). Ou seja, o anseio pelo sucesso deve permitir que permeiem ações evolutivas de um planejamento estratégico em um processo de continuidade. O crescimento desejado torna-se, então, impessoal e estabelece uma linha de tempo para o progresso despersonalizada, porém assumindo a identidade e a vocação do coletivo. 
 
Obviamente, ênfases são trazidas ano-a-ano porque demonstram oportunidades ou carências que precisam de uma atenção diferenciada. Para 2018-2019, pretende-se implementar avanços no quadro social dos clubes buscando atrair associados mais jovens, enxergando no Rotaract um campo ainda não explorado convenientemente. Mas essa proposta, para que não seja julgada irresponsável, deve vir amparada no estudo do pensamento e comportamento das novas gerações. Discutir, inclusive, as atuais formatações e formalismos, com predisposição à flexibilização, ganha relevância para o rejuvenescimento e avanços para o Rotary. 
 
Ainda com enfoque no quadro associativo, fazer com que rotarianos não deixem a instituição é trabalho de crescimento também. Para isso, antes mesmo de ser anunciado o lema 2018-2019: “Seja a Inspiração”, já havia sido proposto como norte para as lideranças o pensamento sistêmico de encantar. Sim, fazer dos líderes um elenco de superação de expectativas, com uma percepção aguçada para antecipar anseios e dedicação extremada para fixar os rotarianos nos clube, passa a ser a essência da liderança. E quando os associados são tratados como convidados, a probabilidade de sua permanência em Rotary cresce e, consequentemente, há chance de um maior rendimento por parte deles nas ações do clube. Encantar e inspirar... invocam comportamento daqueles realmente comprometidos com Rotary. 
 
Bons serviços em Rotary! Hoje e sempre! 
 
Carlos Eduardo Estevam Torci 
Governador 2018-2019 
Distrito 4420